Apresentação para não botar defeito

>> terça-feira, 23 de junho de 2009

Nove títulos de Copa de Mundo estavam em jogo, juntamente com a grande rivalidade que envolve a tradicional partida entre Brasil e Itália. Desta vez foi o Loftus Stadium, em Pretória, que recebeu o “derby” mundial, válido pela última rodada da Copa das Confederações. O estádio contou com lotação quase que máxima, com os ingressos esgotados meses antes. Uma enorme expectativa contagiou os fãs que compareceram ao estádio na noite gelada de domingo e mesmo com a baixa temperatura os torcedores fizeram uma festa à parte nas arquibancadas.


O público estava dividido em relação à preferência sobre para quem torcer, porém o time brasileiro levava uma pequena vantagem perante aos italianos. O futebol brasileiro é admirado por todos no país. Zuações e Gozações não faltaram, todas de formas respeitosas e criativas por parte das duas torcidas, tendo os últimos campeões mundiais dizendo que eram favoritos para a partida. Os brasileiros relembravam a derrota da Itália de 1 a 0 para o Egito. Este resultado deixou os europeus em situação delicada.



Com a bola rolando, logo no início o Brasil comandou as ações da partida, sendo mais perigoso. Esperava-se uma seleção Italiana muito mais agressiva em relação à equipe que atuou nos dois jogos anteriores, pois para se classificar necessitavam da vitória, o que obrigaria os comandados do técnico Marcello Lippi partir para o ataque a qualquer custo. A apatia tomou conta dos italianos e a pressão que se esperava dentro das quatro linhas não ocorreu. De forma impiedosa e bem taticamente a seleção brasileira marcou três gols no primeiro tempo com : Luis Fabiano( 2X) e Dossena (contra).


A partir daí Buffon e Cia nada puderam fazer para reverter o placar. Com isso, no segundo tempo o Brasil explorou o contra-ataque, já que a Azurra partiu para cima. Entretanto o panorama da partida não mudou e a vitória canarinha se confirmou. Festa dos brasileiros presentes, que ao fim da partida cantavam: hahaha huhuhu a África é nossa. Este era o ritmo entoado pelos vencedores, aos derrotados restava lamentar e sair em silêncio.



Ao fim do confronto saída pacífica e tranqüila dos torcedores dos países apaixonados por futebol. A outra vagado grupo B ficou com o surpreendente EUA, que venceu surpreendentemente os egípcios por 3 a 0, em Rustemburg.Estes tinham chance remotas avançarem a segunda fase .A Itália está eliminada do torneio e volta para casa.No dia anterior a Espanha bateu a África do Sul por 2 a 0, porém as duas equipes se classificaram, já que Iraque e Nova Zelândia ficaram no 0 a 0. Agora Joel Santana juntamente com os Bafanas-Bafanas irão enfrentar pela frente a seleção brasileiro na quinta feira, em Joahannesburg. Quarta-feira Bloemfontein recebe Espanha e EUA na outra semi-final. Apesar de Brasil e Espanha serem considerados favoritos para a final, tem que se lembrar que no futebol não se vence por antecipação.


OBS: Abaixo seguem as fotos.

1 comentários:

Fernanda Ielpo 7 de julho de 2009 07:39  

Passando pra dizer que noso blog voltou a ativa!

E nossa, hein! Quem não gostaria de ter visto esse jogo da seleção?!

Último Segundo

Seguidores

G1 - Portal de Notícias

  © Blogger templates Shiny by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP